Mosteiro de Stª. Clara a Velha abriu hoje ao público


09-04-18_11-311

Preservação  do Mosteiro  Sta. Clara-a-Velha  dignifica  Coimbra

O primeiro-ministro, José Sócrates, disse hoje que a preservação e abertura ao público do Mosteiro de Santa Clara-a-Velha «dignifica Coimbra no contexto das cidades em Portugal».

«Este é um momento de afirmação de Coimbra», salientou José Sócrates. O primeiro-ministro considerou que o monumento medieval, fundado pela Rainha Santa Isabel, e o centro de interpretação anexo, hoje inaugurado, traduzem «uma homenagem à história e identidade» da cidade do Mondego. Durante séculos, o mosteiro, localizado na margem esquerda do rio, esteve parcialmente submerso pelas águas e detritos arrastados pelas cheias. «É uma obra muito importante para Coimbra, mas é também uma verdadeira obra nacional», disse José Sócrates.

A visita, na companhia do ministro da Cultura, António Pinto Ribeiro, integra-se no programa das comemorações nacionais do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios.

PROGRAMA DE REABERTURA

18 de Abril 2009 – Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

10.30h – Recepção dos Convidados

11.00h – Apresentação do documentário:
“ Memorial à água: intervenções contemporâneas” de Catarina Mourão

11.30h – Sessão solene – intervenções de:
Artur Corte Real, Coordenador da Equipa de Projecto “Mosteiro de Santa Clara-a-Velha”;
António Pedro Pita, Director Regional de Cultura do Centro;
Sua Excelência o Senhor Ministro da Cultura.

12.00h – Exposição:
“ Freiras e Donas de Santa Clara: arqueologia da clausura”

12.30h – Visita à Ruína.

09-04-18_11-40

Manifestantes reafirmaram a PM argumentos em defesa Choupal

O movimento cívico Plataforma do Choupal entregou hoje ao primeiro-ministro José Sócrates, em Coimbra, um documento em que reafirma os seus argumentos contra a passagem do IC2 naquele espaço verde da cidade.

Em silêncio e à distância, algumas dezenas de manifestantes presenciaram a visita de José Sócrates ao Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, durante a cerimónia de reabertura do monumento ao público.

«O Choupal também é património!» foi a reivindicação exibida pelos ambientalistas. Cada um envergava uma t-shirt branca com uma letra, de modo a construir a frase. Quando passou próximo dos manifestantes, Sócrates pediu-lhes desculpa por não os poder cumprimentar (já que eles estavam num plano superior, sem acesso fácil à comitiva) e conversou por momentos. «Estou muito de acordo que o Choupal é património. Mas hoje é também um dia importante para o Choupal e para Coimbra com este património», afirmou.

Um dos activistas conseguiu depois descer para a zona onde estava José Sócrates e entregou-lhe o documento da Plataforma do Choupal.

O primeiro-ministro não emitiu outras opiniões, mas disse que estava a par da polémica em causa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: