Estrada da Beira


Jaime Soares quer intervenção do Governador Civil nas obras.

[O Presidente da Câmara Municipal de Poiares voltou a chamar a atenção das autoridades locais e distritais através de um comunicado ao D.B. para o «escândalo que é a paragem obrigatória, com os perigos e prejuizos subjacentes», na Estrada da Beira, na povoação de Ponte Velha, onde está a ser construído o nó rodoviário da nova variante à Lousã.]

Certo é que a situação é perigosa e tem vindo a causar vários transtornos e prejuízos à população, se já foi dado aconhecer nos meios de comunicação social, não se compreende esta anormalidade, parecem as obras de Santa Ingrácia.

Podia haver um pouco de respeito pelos utentes desta via, se houvesse uma alternativa que permitisse a fluidez do tráfego!

O que é que acontece quando existem viaturas de emergência, e até de ambulâncias no transporte de doentes, do INEM em acção para Coimbra ou outros pontos da região?

Não quero ser tão radical, mas se alguém fosse vítima de carjacking? – Já pensaram nisso?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: