Santo António da Neve e os poços da neve


Santo António da Neve – Lousã

Vista para o Alto do Trevim

Vista para o Alto de Santo António da Neve

Neste dia passei por uma das mais belas paisagens da região centro do país, o alto da serra da Lousã, tanto o Trevim como Santo António da Neve com a sua capela oferecem ao visitante uma grande aventura: nas vertentes húmidas aparecem vestígios da floresta sempre-verde e o azevinho ou o loureiro as carquejas em flor bem como a urze deixam no ar um perfume a primavera surpreendendo-nos na subida. Os carvalhais e essas majestosas árvores que são os castanheiros deixam adivinhar o voo dos pássaros como os gaios… e demais animais como os coelhos que por vezes são visíveis.

Os cucos anunciam-se na Primavera e nos muros assentes em pedra empilhada que ladeiam os caminhos, pode esconder-se uma carriça. As Aldeias construídas em xisto surpreendem pela sabedoria! Tudo se aproveitava na altura: as padieiras das portas e das janelas são de castanho, as lages de xisto estão nos beirais, por cima das telhas e nas soleiras. Dos soutos vinham as castanhas e a sopa de castanha ficou famosa até hoje. A cabra comia-se e come-se quando velha e macerada pelo vinho tinto que a torna macia e dava sabor à chanfana. Das pequenas hortas vinham grelos frescos que, misturados com a broa e o azeite, chegavam a migas deliciosas. Das urzes e com muitas abelhas ainda hoje se faz um excelente mel. Digo mais uma coisa! Vale a pena fazer um passeio a estes locais que são de uma paisagem natural indescritível.

Capela de Santo António da Neve

Datada do século XVIII, esta capela terá sido mandada construir por Julião Pereira de Castro, neveiro da casa real.

A sua denominação deve-se ao facto do seu orago ser Santo António de Lisboa e também por ficar situada junto aos poços de neve, situados no Cabeço do Pereiro, em plena Serra da Lousã. Foi construída devido ao elevado número de pessoas que trabalhavam então nos poços de neve, inclusive ao fim de semana, e que necessitavam de se deslocar para assistir à missa.

Poços de Neve

De construção anterior à Capela, são construções de forma cilíndrica, feitas com pedra da região. Dos sete que existiam inicialmente, hoje restam apenas três, situados junto à Capela de Santo António da Neve. Era aqui que era armazenada a neve da serra durante o inverno para depois, chegado o verão, partir penosamente transportada em carros de bois, para a corte e para o café Martinho da Arcada, em Lisboa, então chamado “Casa das Neves”. Trabalho penoso, empregava um elevado número de pessoas da região, incluindo mulheres e crianças.

Anúncios

Uma resposta

  1. pesquisei após ter passado por lá, o local é magnifico e o seu texto e fotos complementam na perfeiçao.

    Paulo Marques

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: